UEMG
  < inicial < notícias espacador
+ notícias
 

UNIDADE EM FOCO - UEMG Frutal | Universidade fortalece ações para renovação da agricultura

12/09/2017

Favorecer uma alimentação saudável e ecológica a partir do consumo de legumes e verduras produzidos localmente e de forma natural. Esse é a missão de um projeto realizado em Frutal desde 2016, com o apoio da UEMG: a CSA do município. A sigla (CSA) significa “Comunidade que Sustenta a Agricultura” e diz respeito a um modelo alternativo de oferta e consumo de hortaliças, em que os compradores se tornam parceiros do produtor de orgânicos – cultivos que não tem adição de químicos (fertilizantes, agrotóxicos, etc) nem transgênicos.

Quem explica é a pós-doutora em Ecologia Aplicada, Vanesca Korasaki, que integra o quadro de docentes do Programa de Pós-Graduação lato sensu em Agroecologia no Cerrado da UEMG Unidade Frutal. Curso cujos professores apoiam a família de agricultores por trás da CSA, auxiliando na captação dos chamados coprodutores: clientes que investem uma taxa mensal e recebem semanalmente uma cesta com 8 kg e sete tipos de produtos, em média. “Assim, os compradores dividem os lucros e prejuízos da produção do agricultor, garantindo maior estabilidade ao negócio deste, ao mesmo tempo em que gozam de produtos de qualidade”, avalia Vanesca.


Professora Vanesca Korasaki ao lado das cestas da CSA Frutal

Embora seja novidade na região, a CSA existe desde a década de 70 no Japão e em países da Europa, e o objetivo é que o modelo se consolide em Frutal. É o que acontecerá no que depender da oceanógrafa Carolina Oliveira. Figura constante nos dias de entrega das cestas – às terças-feiras, na Creche Pequeninos de Jesus (R. João Signorelli, 880) –, Carolina é coprodutora da CSA desde seu início, e conta que a iniciativa causou um burburinho na cidade, chamando a atenção de mais pessoas para os produtos orgânicos. “Como sei do mal que faz uma comida contaminada por agrotóxico, sempre procurei pelo produto orgânico, mas era difícil, bem caro... A CSA deixou mais acessível”, conta.

A coprodutora Carolina Oliveira ao lado da filhinha Isadora, de 5 anos, que ela sempre leva para o projeto

Na outra ponta do projeto, o produtor Lucas Marcos Morais trabalhou por 16 anos com o método convencional de cultivo, em que aplicava insumos químicos em todas as etapas do cultivo. Ele revela que sentiu a necessidade de buscar uma nova forma de plantar após vários episódios de intoxicação. “Hoje, me considero um ‘ex-viciado químico’”, brinca. Em sua investida no universo dos orgânicos, que já completa quatro anos, Lucas encontrou na Unidade Frutal um canal para a troca de conhecimentos. Sua propriedade, a Horta Rio Grande, tornou-se um palco de experimentos para o curso de Agroecologia no Cerrado; e também para a CSA, que conta com eventos mensais na fazenda, onde os coprodutores podem acompanhar de perto os cultivos e até testar receitas com PANCs (plantas alimentícias não convencionais) como as folhas do dente-de-leão, a caruru e o umbigo de banana.

 
Na primeira foto, um dos experimentos da programação mensal da CSA: pizza de PANCs. Na imagem ao lado, o casal de produtores da CSA Frutal, Lucas e sua esposa Sirlene, a “Tuninha”

Lucas ressalta que a mudança de técnica fez bem não só para a sua saúde, mas para o ambiente da fazenda, com o resgate da biodiversidade. Hoje ele considera a propriedade um pequeno oásis: “Para ser produtor orgânico, agroecológico ou biodinâmico – existem algumas variações nesses tipos alternativos de produção – você precisa estar realmente conectado ao solo. Precisa ter uma relação direta e entender o que a terra quer te entregar. Entrando nessa sintonia, a própria terra vai te agradecendo, começa a mudar, e te permite diminuir o uso de insumos e aumentar a produção, ao mesmo tempo”, garante.

A Horta Rio Grande: propriedade agroecológica

Para a professora Vanesca, a promoção desse tipo de perspectiva agrícola importa muito para o momento atual: “Aqui no Triângulo Mineiro, por exemplo, estamos rodeados pelas usinas de cana de açúcar. E a gente sabe que a produção de cana exige uma quantidade de insumos que pode estar contaminando as plantações... A gente vê isso também em outros produtos que compramos no mercado, como o tomate. Para consumi-lo o ano inteiro, o cultivo em determinadas épocas, sobretudo as muito quentes e com umidade, demanda muito fungicida, e a gente não quer comer todo esse veneno. A agricultura agroecológica vem para resgatar um lado mais orgânico, mais saudável da nossa vida. Nossa proposta é de uma relação mais próxima do consumidor com o produtor, contribuindo com a fixação deste no campo e com uma alimentação mais saudável para todos”.

Agroecologia
Além de abrir mão do uso de insumos químicos na agricultura e de incentivar o consumo da produção local, a agroecologia trabalha com o princípio da diversidade de culturas, em oposição à monocultura. Em um mesmo terreno são utilizadas plantas que apresentam diferentes funções, como melhorar as condições do solo, aumentar a polinização das plantas e atrair inimigos naturais para as pragas que agridem o cultivo.

Disciplina científica, prática agrícola e movimento social, a agroecologia valoriza também saberes populares e tradicionais de comunidades indígenas e camponesas, visando a maximizar a produção simultaneamente ao favorecimento do ecossistema, constituindo-se como ambientalmente sustentável, economicamente eficiente e socialmente justa.

A UEMG Unidade Frutal oferta desde o segundo semestre de 2015 uma especialização gratuita em Agroecologia no Cerrado, cujo objetivo é permitir uma visão diferenciada da produção agrícola em relação àquele bioma, integrada aos aspectos ambientais e socioculturais.

Outros frutos
A CSA Frutal é tema de mais duas ações em andamento da Unidade UEMG no município. Contemplado pelo Programa Institucional de Apoio à Pesquisa (PAPq - Edital 03/2017), o projeto 'Diagnóstico do consumidor de produtos orgânicos' tem como foco levantar o perfil dos cooperados da CSA. A partir dessas informações, a intenção é formular estratégias eficientes para atrair mais interessados em uma nutrição saudável. Essa atividade, que tem como bolsista a estudante do 6o de Administração da Unidade, Gabriela Vilela Novais, ganhou o Prêmio de Estímulo ao Desenvolvimento de Projetos de Pesquisa (PEDP - Edital 07/2017), promovido pela UEMG.

A outra iniciativa, 'Uma proposta de agricultura solidária: divulgando a CSA-Frutal', do Programa Institucional de Apoio à Extensão (PAEX - Edital 01/2017), resultará em site voltado à divulgação da alimentação orgânica. Para possibilitar uma expansão desse mercado, a proposta objetiva angariar mais coprodutores, inclusive para possíveis novos agricultores interessados no modelo agroecológico. Integram a equipe do projeto os bolsistas Wanner Martins de Menezes, do 8o período de Sistemas de Informação, e Guilherme Martinez Lopes, do 6o de Comunicação Social, além dos docentes Edna Yoshiko, de Ciências da Computação; Jhansley da Mata, de Tecnologia em Produção Sucrooalcoleira e Tecnologia em Alimentos; Karol Natasha Castanheira e Fernando Ringel, de Comunicação Social; bem como a própria professora Vanesca. 

O site está em construção, mas já reúne informações para quem tiver interesse de conhecer o histórico da CSA Frutal, outras referências e orientações sobre como entrar para o projeto: agroecologiafrutal.org.

FRUTAL

 

 

 

 

 

 

 

CURSOS

Busca rápida pelos cursos oferecidos

INTERNACIONALIZAÇÃO

Internacional
Intercâmbio


Institucional
Missão, Valores e História
Objetivo Operacional
Integração Institucional
Composição de Conselhos
Organograma
Quem é quem
Comissão de Ética
Horário de Funcionamento
Legislação Referente à UEMG
Telefones Úteis
Campus da UEMG BH
Internacional
Manual de Identidade Visual

Ensino
Alunos Matriculados
CENPA
Diplomas Registrados
Documentos
Ensino nas Unidades
Estágio
Matrículas
NAE - Apoio ao Estudante
PIBID
Sistema Acadêmico
Registro de Diplomas
Relação de Professores
Processo Seletivo
Pré-Inscrição
PROCAN
Vestibular
SiSU
Obtenção de Novo Título
Transferência
COPEPS
Anos Anteriores

Pós-Graduação
Pós-Graduação nas Unidades
Legislação
Auxílios
Formulários e Relatórios
Bolsas para Docentes e Técnicos Administrativos
Orgãos de Fomento
Programas
Apoio a Participação de Docentes em Eventos

Pesquisa
Pesquisa nas Unidades
Projetos de Pesquisa desenvolvidos na UEMG
Programas de Bolsas
Programa de Apoio à Pesquisa e Pós-graduação
Formulários e Documentos
Orgãos de Fomento
Editais
Grupos de Pesquisa - CNPq
Catálogo de Publicações
Boletim de Pesquisa
Seminários
NIT - Inovação Tecnológica
Comitê de Ética
Extensão
Extensão nas Unidades
Siga (Extensão)
Programas Institucionas de Extensão
Documentos
Editais
Semana UEMG
JUEMG
Congressos da Extensão
Encontro de Extensão
CENDRHE

EAD
Cursos a Distância
Polos de EAD
Programas
Ambiente Virtual

Gestão
Plano de Gestão
Acordo de Resultados
Formulários
Ambientação
Diário Oficial (IOF)
Servidor
Concurso Docente
Fornecedor

Intercâmbio
Convênios Internacionais
Línguas Estrangeiras
Formulários
Apoio e Fomento
Dúvidas Frequentes
Programa Ciência sem Fronteiras
Serviços
Cursos
Biblioteca
Emissão de DAE
Tabela de Serviços

Programas e Ações
PROCAN
PROUEMG

Transparência
Auditorias
Repasses ou Transferências de Recursos
Despesas
Licitações e Contratos
CPA
Formulário de Solicitação de Informação
Informações Classificadas

Noticias
Acontece na UEMG
Agenda
Editais
Resoluções/Atas
Palavra do Reitor
Café com o Reitor
Busca Avançada

Publicações
Editora UEMG
Periódicos UEMG
Audio
Galerias de Fotos
Vídeos

UEMG na Web
Facebook UEMG Twitter UEMG YouTube UEMG

UEMG no
Google

Acesso Rápido
Unidades
Aluno
Professor

Ferramentas
Acessibilidade
Ajuda
Dúvidas Freqüentes
Fale Conosco
Intranet
Mapa do Sítio
Webmail

English English Version

 

 
UEMG
UEMG Universidade Estadual, Pública, Gratuita e Multicampi  
Rodovia Papa João Paulo II, 4143 - Ed. Minas - 8º andar -  Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves - Bairro Serra Verde - Belo Horizonte - MG - CEP: 31.630-900 - Tel: +55 (31) 3916-0471
Aspectos legais e Responsabilidades