Contraste |
| |

    O Limite do Aquário: chamada de artistas da Escola Guignard

    Chamada aberta para participação na exposição O Limite do Aquário, que apresenta obras de professores e estudantes da Escola Guignard da Universidade do Estado de Minas Gerais criadas entre os anos de 2020 e 2021. Mostrando obras de artistas com carreira já estabelecida e de artistas em formação, tanto atuais membros da sua comunidade, quanto antigos professores e alunos egressos, a mostra abre um espaço que tensiona os limites entre a visibilidade e a invisibilidade da produção que é feita ali. A Escola Guignard se constitui de um microcosmo vibrante, em que a liberdade de expressão e as pluralidades convivem em um mesmo espaço, seguindo os ensinamentos libertários do mestre Alberto da Veiga Guignard. A exposição nasceu de uma chamada aberta, trazendo um recorte de obras que extrapola as fronteiras das salas de aula, transbordando para o público uma cena de pesquisas artísticas contemporâneas, sejam elas acabadas, sejam em processo. Apesar de a Escola permanecer fechada para o combate à pandemia da Covid 19, em sistema de ensino remoto, a arte de sua comunidade continua sendo feita em outros espaços, em ateliês individuais provisórios e improvisados.

    O atual prédio da Escola Guignard foi projetado pelo arquiteto Gustavo Penna, sendo situado em Belo Horizonte, em local privilegiado na encosta da Serra do Curral, com uma vista panorâmica para a cidade. O prédio possui características únicas, construído na forma de um semi-círculo, em volta de um pátio gramado com um anfiteatro ao ar livre. Nesse prédio há um ambiente especial que se destaca no projeto arquitetônico, que é apelidado carinhosamente de "aquário". É uma sala toda de vidro, que possui portas que se abrem também para a rua. Uma sala de aula que se interconecta com a cidade, permitindo assim que nessa ambiência o espaço interior e o exterior se comuniquem. É em alusão a esse espaço que o título da exposição foi pensado, nesse lugar onde se dão muitos processos criativos e também acontecem exposições de trabalhos dos alunos. Assim, o conceito da exposição propõe repensar os limites fluidos do aquário, ou seja os limites da sala de aula, e proporciona um transbordamento, de modo que a universidade possa se abrir para a cidade. 

    Quem pode participar?
    Alunos e professores da Escola Guignard, atuais e egressos.

    Que tipo de obra posso enviar?
    Enviar obra digital ou digitalizada. Será permitido apenas o envio de uma obra por artista. No caso de obras sequenciais (polípticos) a obra deverá vir já montada em uma única imagem digital. Enviar a obra com a melhor qualidade possível (limite mínimo de 2MB e máximo de 10 MB), no formato JPG. Nomear o arquivo da seguinte forma: nome_sobrenome_título.jpg
    Atenção: as obras plásticas que forem fotografadas devem apresentar boa iluminação e não devem estar distorcidas nem desfocadas. De preferência, o fundo deve ser homogêneo.

    Qual a forma e o prazo de envio?
    Preencher o formulário no link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfWJO-GzjRKEvNrw1gvzwtmyk3J4fPzBrt5oa9d654SSiaEpQ/viewform?usp=sf_link
    Data limite de envio - 9 de agosto de 2021. Não haverá prorrogação.

    Qual será o formato da exposição?
    A exposição será veiculada em livro eletrônico no formato PDF.

    Qual o tema da exposição?
    O tema é livre. A obra deve ter sido criada entre os anos de 2020 e 2021.

    Direitos Autorais
    Os autores concordam com a exposição, divulgação e utilização pela UEMG - Escola Guignard, do trabalho enviado. Ao enviar as obras, os autores automaticamente concordam em disponibilizá-las sob a licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial (CC BY-NC). As obras podem sofrer cortes para se adequarem ao formato das mídias sociais para fins de divulgação.

    Quem são os curadores?
    Professora Celina Lage e alunxs da disciplina Teorias e Práticas Curatoriais da Escola Guignard, UEMG

    Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

    © 2021 UEMG