Contraste |
| |

    Fazenda Experimental é destaque na Unidade Passos

    Redação Agência Escola – Unidade Passos

    André Castro – 5° Período de Jornalismo

     

    A Fazenda Experimental da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) – Unidade Passos permite a realização de projetos importantes dos cursos de Engenharia Agronômica, Ciências Biológicas e Engenharia Ambiental. O objetivo principal é servir de campo ao ensino e de treinamento aos estudantes, prestar serviços à comunidade e dar suporte à implementação de intercâmbio técnico-científico e cultural. O espaço conta com mais de 60 hectares de extensão e oferece diversas possiblidades para pesquisas.

    De acordo com Maria Gabriela de Queiroz, Coordenadora do curso de Engenharia Agronômica, “atualmente a Fazenda de Ensino, Pesquisa e Extensão (FEPEX) contempla trabalhos de criação de abelhas e oito projetos que envolvem o estudo de culturas de grãos (milho, soja, feijão...), leguminosas e gramíneas com diferentes propósitos de pesquisas. Os estudantes tem contato com o cultivo, manejo do solo, consumo hídrico e desempenho de maquinários. Com as recentes aprovações no Edital PAPq 01/2022, teremos mais trabalhos implantados na fazenda”.

    A equipe da FEPEX é composta pelos Coordenadores Antônio Augusto Nogueira Franco e Antonio Tassio Santana Ormond, a professora Maria Gabriela de Queiroz e o Engenheiro Agrônomo Denner Freitas Lemos. Além de contar com a parceria da Empresa Junior Agro&Solução e também da empresa Matsuda, que é responsável por implantar na fazenda um campo agrostológico com 19 variedades de forrageiras.

    Para melhorar as condições de pesquisa no local, a equipe está em processo de tramitação para realizar a compra de tratores e maquinários, casas de vegetação, estações agrometeorológicas e drones. Além disso, recentemente o espaço da fazenda foi cercado, assim é possível que a equipe implemente novas culturas, manejos diferenciados e criações de animais que podem se adaptar a região.

    A professora Maria Gabriela de Queiroz ainda revela que a região sudoeste de minas possui uma grande variedade agrícola, com diferentes perfis de produtores. Ela destaca os médios e pequenos produtores, e afirma que o papel da UEMG é apoiar essa comunidade e promover o modelo de ensino autossustentável. O destaque fica com as parcerias que já ocorrem entre os estudos na FEPEX e esses grupos de produtores rurais, o trabalho de estudo dos grãos gera benefícios para ambas as partes.

     

     

    © 2023 UEMG