Contraste |
| |

    UEMG Divinópolis e StandWithUs Brasil organizam ações contra apologia ao nazismo

    Assessoria de Comunicação – UEMG Divinópolis
    Texto e prints: Elvis Gomes
     
    A UEMG Divinópolis e o Centro de Educação e Memória do Holocausto da StandWithUs Brasil realizaram, no dia 30 de novembro, uma reunião, por meio de videoconferência, com o objetivo de planejar a organização de ações na Unidade contra apologia ao nazismo.
     
    Da Unidade, participaram a diretora, professora Ana Paula Martins Fonseca; a coordenadora de Extensão, professora Janaina Visibeli Barros; e o chefe do Departamento de Humanidades, professor Douglas Souza Angeli. Já da StandWithUs Brasil a reunião contou com a participação do coordenador de Educação e Memória do Holocausto, Marcelo Gewertz; do analista de relações universitárias, Victor Oliveira; e do jornalista Augusto Lerner, do Departamento de Educação.


    A StandWithUs é uma organização educacional, não governamental, apartidária e sem fins lucrativos que combate o antissemitismo e o antissionismo. Foi criada em 2001, nos Estados Unidos, e desenvolve atividades educativas nos cinco continentes, tendo bases em diversas cidades, entre as quais Los Angeles, Jerusalém, Nova York, Londres e Joanesburgo. Presente no Brasil desde 2018, a StandWithUs conta com uma sede em São Paulo e uma sucursal em Porto Alegre.
     
    Segundo a diretora, a reunião foi agendada a partir do contato da StandWithUs Brasil com a Reitoria da UEMG (por meio da reitora, professora Lavínia Rosa Rodrigues; do vice-reitor, professor Thiago Torres Costa Pereira; e da pró-reitora de Graduação, professora Michelle Gonçalves Rodrigues), após a divulgação pela mídia das mensagens de cunho nazifascista pichadas em um banheiro do bloco 2 da UEMG Divinópolis (confira a nota à comunidade publicada pela Unidade). "Nós, da gestão da UEMG Divinópolis, sempre acreditamos que é pela educação que vamos transformar a sociedade. E só transformamos a sociedade através das pessoas. O último acontecimento ocorrido no nosso campus, em que fizeram algumas pichações exaltando o nazismo, realmente foi repudiado – e deve ser repudiado o tempo todo. A partir do que aconteceu, a gestão compreende que é necessário que discussões sejam feitas dentro da Universidade para que as pessoas e a comunidade entendam a gravidade do ato. Pensando nisso, nos reunimos com o Centro para que pudéssemos, juntos, pensar ações educativas para a nossa Unidade. Diante desta reunião com os dirigentes do Centro, nós propusemos algumas ações imediatas e algumas de médio e longo prazo", ressaltou Ana Paula.

     
    A primeira ação a ser realizada pela Unidade em parceria com a StandWithUs Brasil será o minicurso "Como ensinar sobre nazismo e Holocausto no ambiente acadêmico", que será ministrado no dia 15 de dezembro, das 16h às 18h, pelo professor Daniel Osowicki, que tem cerca de quatro anos de experiência como guia do Museu do Holocausto de JerusalémA formação terá como público-alvo os professores da Unidade. "E já na volta do próximo semestre, em 2023, nossa proposta é organizar, junto com o Centro, um grande seminário para tratarmos de temas tão importantes e que são muito caros na atual conjuntura", complementou a diretora.
     
    Confira outras imagens da reunião: https://bit.ly/3UEaXqu 
    © 2023 UEMG