Contraste |
| |

    Unidade Divinópolis | Movimento Estudantil realiza o 2º COCADA

    Assessoria de Comunicação – UEMG Unidade Divinópolis

    Texto: Isabella Marques

    Fotos: Arquivo Diretório Acadêmico

    No dia 20 de outubro, foi realizada, na UEMG Divinópolis, a 2ª edição do Congresso dos Centros Acadêmicos e Diretório Acadêmico (COCADA), da Unidade. O evento, que foi organizado pelo Movimento Estudantil Unificado da UEMG Divinópolis, contou com a presença dos diversos segmentos deste movimento. Para além dos CAs e DA, também participaram as empresas juniores, coletivos identitários, atléticas, grupos de oração universitária (GOUs), entre outros, ampliando ainda mais a esfera de trabalho e atuação do movimento estudantil na Unidade.

    Luiz Chinelatto, estudante do curso de Química da Unidade e suplente da vice-presidência de Ensino, Pesquisa e Extensão do DA (chapa Transparência), falou sobre a ampliação do público participante. “O objetivo era para ter todos os coletivos no mesmo lugar, pra gente discutir quais eram as demandas de cada um e também para sabermos o que estava acontecendo em determinado Centro Acadêmico, na Liga, na Atlética ou numa Empresa Júnior. Era para todo mundo ficar mais próximo. Pra nós, como gestão, também termos uma noção do que está acontecendo para podermos propor as coisas com maior eficiência. Então, tinha esse viés também de construir algo com todo mundo sabendo e construir junto, com os representantes dos coletivos, também”, explicou.

    Durante o evento, aconteceram painéis de debate, grupos de trabalho, mesa-redonda e a plenária final, quando foram votadas as metas apresentadas nos GTs. Por meio deste trabalho coletivo, os estudantes puderam planejar as ações para o próximo ano na Unidade, como explicou Paulo Mata, estudante de Engenharia de Produção e presidente do DA (chapa Transparência): “Foi um trabalho a partir de metas, e, para qualificar esse debate, a gente teve alguns convidados. Teve gente da Reitoria, teve gente do poder Legislativo Municipal, da instituição, também, o vice-diretor acadêmico, a coordenadora do NAE. Então, com isso, a gente qualificou o debate, mas o principal objetivo era tirar as metas para o nosso próximo ano de trabalho entre os estudantes”, relatou.

    Estiveram presentes no evento, além de representantes dos movimentos já citados, o vice-diretor acadêmico da Unidade, professor Rodrigo Fagundes Braga; a coordenadora do Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE), da Unidade, professora Virgínia Raimunda Ferreira; representando o NAE de Belo Horizonte, Goretti Correa; e a Coordenadora de Assuntos Estudantis e Comunitários da UEMG,
    Jordana Perdigão Alvarenga. A vereadora de Divinópolis, Janete Aparecida, também compareceu ao evento.

    Durante entrevista, o vice-diretor acadêmico da Unidade ressaltou a importância da atuação dos estudantes na Universidade. “É interessante ter esses momentos, onde todos os CAs, com o DA, estão juntos para unir forças e poder traçar metas de atuação do Movimento Estudantil dentro da nossa Unidade. E é interessante, também, porque vários outros assuntos relevantes para a comunidade acadêmica são discutidos nesses encontros. Então, acredito que é de extrema importância que os estudantes organizem esses eventos”.

     

    Diálogo e metas

    Entre os eventos, foi realizado um painel sobre as empresas juniores. Estavam presentes, além dos representantes das EJs da Unidade, representantes do Centro Federal Tecnológico (Cefet-MG), Campus Divinópolis, e Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), campus Centro-Oeste. Ao final do painel, foi definido um encontro das empresas juniores das três instituições. “Será um pré-encontro este ano e um encontro ano que vem, lá no Cefet”, explicou Paulo. Foram realizados, ainda, painéis sobre Mulheres e Feminismo, sobre Diversidade e, também, sobre Negritude. Para Paulo, esses painéis serviram para unir os vários grupos que, muitas vezes, podem encontrar as mesmas dificuldades para executar os trabalhos. Dessa forma, por meio do diálogo e da aproximação, os grupos poderão encontrar soluções em comum.

    Nos GTs, ao fim das discussões, foi possível ampliar os textos-base inicialmente propostos. Foram acrescentadas sugestões, melhorias e, após o fechamento dos textos, as propostas apresentadas foram votadas em assembleia. Por meio dessas discussões, foram definidas as metas que deverão ser executadas nos próximos 12 meses. “Então, o objetivo foi alcançado. Tivemos um consenso de todo mundo, além de um momento de fala e de escuta, também”, disse Luiz.

     

    CONUEMG

    Entre os dias 14 e 17 de novembro acontecerá, na UEMG Divinópolis, o 2° Congresso Estudantil da UEMG (CONUEMG), que envolve todas as 20 Unidades da Universidade. Estarão presentes delegados representando todas as Unidades.  “Além de também passar por esses processos de grupos de trabalho, a gente vai fazer o planejamento dos próximos dois anos do movimento estudantil da UEMG. Também iremos eleger o nosso DCE, que é o Diretório Central dos Estudantes, que é o órgão de representatividade máxima dos alunos, e que está há mais de um ano sem ser ocupado”, finalizou Paulo.

    Tags:
    © 2021 UEMG