Contraste |
| |

    Projeto busca avaliar e prescrever exercício físico de forma individualizada à população

     

    Assessoria de Comunicação – UEMG Divinópolis
    Texto: Elvis Gomes
    Arte: Divulgação

    O exercício físico desempenha um importante papel na prevenção e no tratamento de fatores de risco de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT). Desenvolvido desde o início deste semestre pela UEMG Divinópolis, o projeto de extensão “Atenção à saúde da comunidade: avaliação e prescrição de exercício físico” busca auxiliar a população de Divinópolis sobre este assunto, a partir de orientações e prescrições de exercícios físicos.

    Os participantes do projeto, homens e mulheres entre 18 e 60 anos de idade, são avaliados quanto ao aspecto clínico de saúde e desempenho físico e recebem laudos com resultados devidamente classificados, prescrição de programas com exercícios físicos e orientação sobre promoção de saúde e prevenção de doenças. “Sabe-se da importância desta prática, pois o exercício físico é considerado um tratamento não farmacológico para as doenças crônicas não transmissíveis. No entanto, é importante que esta realização seja feita de acordo com o tipo, a intensidade e a duração de exercício adequada para cada necessidade e para cada indivíduo. E este projeto tem o intuito de promover esta prática de forma adequada para a população”, ressalta a professora doutora Camila Fernanda Costa e Cunha Moraes Brandão, coordenadora do projeto.

    Devido à pandemia de Covid-19, o projeto está sendo desenvolvido de forma remota. A cada semana, são publicadas orientações gerais sobre saúde e exercício físico no perfil do Instagram do Grupo de Estudos em Metabolismo, Fisiologia e Exercício Físico da UEMG Divinópolis (GEMFE), responsável pelo desenvolvimento do projeto: www.instagram.com/gemfe.uemg.

    O projeto conta também com um grupo de WhatsApp, no qual são realizadas as avaliações e prescrições dos exercícios.

    Os interessados em participar do projeto devem entrar em contato com GEMFE.

     

    O GEMFE

    Criado como uma proposta interinstitucional, o GEMFE busca abordar o conhecimento crítico do exercício físico no envolvimento da prevenção e do tratamento de doenças metabólicas e de distúrbios físicos e nutricionais, por meio da realização de projetos de pesquisa e de extensão.

    Além da professora Camila, que leciona nos cursos de bacharelado e licenciatura em Educação Física da UEMG Divinópolis, o grupo é formado pela professora mestre Ana Flávia Avelar Maia, do curso de Fisioterapia da Unidade, e pelos estudantes Ana Paula Pereira, Jardel Fagundes, Luana Cristina, Lucas Rodrigues, Luiz Henrique Silva, Maria Julia de Freitas e Thamy Prado (do curso de bacharelado em Educação Física da Unidade) e Adão Messias (do curso de licenciatura em Educação Física da Unidade).

    O GEMFE conta também com a parceria de professores e pós-graduandos da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP): doutor Julio Sérgio Marchini, doutora Marcia Varella Morandi Junqueira Franco, doutora Carolina Nicoletti Ferreira, mestranda Gizela Pedroso Junqueira e doutoranda Rocio Paulina San Martin Santibañez.

    Confira o vídeo sobre o projeto de extensão e o GEMFE gravado pela professora Camila especialmente para o projeto Sala Digital, da UEMG Divinópolis:

     

    Tags:
    © 2021 UEMG