Contraste |
| |

    UEMG Divinópolis realiza colação de grau remota do curso de Enfermagem

    Assessoria de Comunicação – UEMG Divinópolis
    Texto: André Camargos e Elvis Gomes
    Arte: Diêgo Garcia 


    A UEMG Divinópolis realizou, na noite dessa quinta-feira (5 de novembro), a cerimônia oficial de colação de grau remota do curso de Enfermagem da Unidade. Ocorrida por meio do Microsoft Teams, esta foi a primeira solenidade de colação de grau organizada de forma “on-line” pela Universidade. O evento seguiu as normas estabelecidas na Portaria UEMG nº 111/2020 relativas à realização da colação de grau remota durante o período de pandemia de Covid-19.

    A cerimônia foi presidida pela reitora da UEMG, professora Lavínia Rosa Rodrigues. A mesa “on-line” do evento foi composta também pela pró-reitora de Graduação, professora Michelle Gonçalves Rodrigues; pela diretora da UEMG Divinópolis, professora Ana Paula Martins Fonseca; pela coordenadora do curso, professora Fernanda Marcelino de Rezende e Silva; e pela servidora Rosa Lúcia de Sousa, representante da Secretaria Acadêmica da Unidade. Também participaram da solenidade professores do curso e familiares dos formandos.

    A cerimônia foi organizada em parceria entre a Diretoria, a Secretaria Acadêmica e a Assessoria de Comunicação da Unidade e contou com o apoio da Assessoria de Comunicação da Reitoria.




    Trabalho em equipe
    A professora Ana Paula destacou a importância do trabalho em equipe para a realização do evento: “Cada pessoa da Universidade faz parte, hoje, desta colação de grau. Cada um, do porteiro à faxineira, a Diretoria, a Reitoria... Todos, em conjunto, fazem a diferença na vida da Universidade. Se um falta, o ‘carro desanda’. Então, precisamos de todos. É uma equipe, porque tudo é uma rede. E, se hoje vocês estão se formando, é porque existe toda uma equipe trabalhando nos bastidores.” 




    Dificuldades
    Já a professora Fernanda lembrou as dificuldades enfrentadas pela turma durante o período final do curso: “Esperávamos que esta colação ocorresse no meio do ano, de forma presencial, com abraços e beijos, mas não foi possível devido a este momento de incertezas e medos que estamos vivendo. Sabíamos que a questão do estágio seria um dificultador. Mas o nosso curso é muito coeso. Tenho muito orgulho do curso, que trabalhou em conjunto com os alunos para que conseguíssemos vencer este semestre tão atípico. Agradeço aos formandos pela paciência e cumplicidade. Com esta turma, aprendi a ouvir mais e a repensar alguns posicionamentos.




    Momento especial
    Para a professora Lavínia, a cerimônia de formatura representa um momento muito especial. “Esta é a primeira formatura que realizamos nesta modalidade, com este rito que é muito significativo porque realmente representa a conclusão de um processo, de uma etapa, de um período de convivência em que mestres e estudantes estiveram engajados num mesmo objetivo. E, tenho certeza, a experiência desta colação vai se estender às outras Unidades da UEMG”, comentou. “Na Universidade, a atividade-fim é a educação: é formar jovens, estudantes e profissionais que, com certeza, têm esse orgulho de ser enfermeiros e enfermeiras. Esta é uma profissão muito nobre, e, particularmente, deixo aqui registrado que admiro muitíssimo quem abraça esta profissão, que é, acima de tudo, essencial para a vida; é a profissão que acolhe, é uma profissão de homens e mulheres que são capazes de dizer ‘temos coragem de enfrentar os desafios da vida’. Por isso, nos nossos processos formativos, precisamos sempre cuidar dos valores e das atitudes éticas que nortearão os futuros profissionais. São vocês que levarão a marca da UEMG”, concluiu.


    Tags:
    © 2021 UEMG