Contraste |
| |

    Posse coletiva marca novo passo na consolidação institucional da UEMG

    O corpo docente da UEMG ganha, nesta semana, 180 novos nomes para seu quadro permanente. E o primeiro passo foi dado no final da manhã desta quinta-feira (5 de agosto), com a primeira das cerimônias que foram programadas para receber os novos professores efetivos da Universidade. Realizado no Auditório Juscelino Kubitschek da Cidade Administrativa, o evento foi prestigiado com a presença do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, além dos deputados estaduais Tito Torres e Raul Belém.

    Nos momentos de fala, a professora Simone Regina Potje, da Unidade Passos, foi convidada a fazer um pronunciamento em nome de todos os docentes empossados: “É uma gratificação muito grande trabalhar numa instituição desse nível, com esse porte e seriedade com que a UEMG tem atuado. É um momento muito importante, pois a efetivação não é só muito boa para nós, professores, pois saímos daquela insegurança de renovação de contrato, mas o mais importante é que agora teremos condições de estabelecer projetos com uma profundidade maior. É uma situação em que todos têm a ganhar: professores, estudantes e comunidade”.

    A reitora da UEMG, professora Lavínia Rosa Rodrigues, aproveitou a ocasião para reafirmar a importância do apoio do governo e dos parlamentares que acreditam na instituição. “Em 2018, quando iniciamos nossa gestão, contávamos com 36% de professores do quadro permanente. Com as posses de 2020, somadas às atuais, alcançamos em torno de 72% de professores concursados e nomeados, com a perspectiva ainda de aumentar esse número com a realização do concurso específico para a área da saúde. Podemos dizer, sem falsa modéstia, que essa nova configuração do quadro de docentes da UEMG é uma conquista histórica face ao cenário de dificuldades financeiras e fiscais vivenciadas pelo Estado”.

    O governador Romeu Zema destacou a capacidade de uma instituição como a UEMG de impactar positivamente a vida das pessoas e transformando comunidades: “Fico muito satisfeito de a UEMG ter esta presença tão importante no interior. Sei como é difícil para as pessoas terem acesso a um curso superior, ainda mais gratuito. Então, o papel da UEMG é importantíssimo para levar conhecimento”.

    Durante o evento, houve a chamada nominal dos docentes nomeados que se dirigiram ao palco, mantendo o distanciamento, para o registro de foto oficial. Todos receberam pasta com regimento e estatuto da UEMG, além de carta de boas-vindas à Universidade.

    Também marcaram presença na cerimônia secretária de Estado Adjunta de Educação Geniana Guimarães Faria, a subsecretária de Ensino Superior de Minas Gerais Augusta Fagundes, o chefe de gabinete da UEMG, Raoni Bonato, o pró-reitor de Planejamento, Gestão e Finanças da UEMG Fernando Antônio Sette Júnior, a pró-reitora de graduação Michelle Rodrigues, o pró-reitor de Extensão Moacyr Laterza Filho, a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação Magda Lúcia Chamon, bem como diretores das unidades acadêmicas da Universidade: Patrícia Cardoso (UEMG Unidade Ituiutaba), Júnia Alexandrino (Unidade João Monlevade), Ana Paula Martins Fonseca (Divinópolis), Valdilene Machado (Cláudio), e o presidente da Associação dos Docentes da UEMG, professor Roberto Kanitz.

    Confira o vídeo do evento, que foi transmitido pelas redes sociais da UEMG, e que ficou gravado no YouTube.

    Amanhã (6 de agosto), nova cerimônia no mesmo local e horário completará a posse coletiva.

    Convocação
    As posses decorrem de nomeações relativas a concursos da UEMG de 2014, 2018 e 2019, que foram publicadas pelo governador, no último dia 08 de julho. Nos casos daqueles concursos, todos os classificados dentro número de vagas previstas já haviam sido convocados, mas, com o passar dos anos, alguns professores pediram exoneração de seus cargos ou se aposentaram, sendo necessária a chamada dos excedentes aprovados. Parte dos novos docentes já atuava nas unidades acadêmicas da UEMG enquanto designados em cargos temporários para garantir que o ensino da Universidade não fosse prejudicado.

    Atuação fortalecida
    Com as posses desta semana, a UEMG passa a contar com 1.011 efetivos dentre os 1.586 professores que fazem parte de seu quadro docente atual. Somente nos últimos dois anos, foram aproximadamente 500 nomeações de professores.

    O preenchimento dos cargos é vital para a estruturação das atividades nas Unidades Acadêmicas, ao fortalecer os departamentos e garantir a perspectiva de uma atuação perene e estratégica quanto às ações de ensino, pesquisa e extensão.

    Link da notícia publicada no site da UEMG: 

    https://uemg.br/noticias-1/7256-posse-coletiva-marca-novo-passo-na-consolidacao-institucional-da-universidade

    © 2021 UEMG