Contraste |
| |

    Proposta da UEMG é aprovada com nota máxima no Projeto Rondon

    Nesta sexta-feira (17), a Universidade do Estado de Minas Gerais teve sua proposta aprovada em primeiro lugar, com nota máxima, no resultado final do processo seletivo para participação na Operação Amapá Mais Forte, promovida pelo Projeto Rondon. 

    Coordenado pelo Ministério da Defesa e feito em parceria com munícipios e instituições de ensino superior, o Projeto Rondon é uma ação que tem como objetivo aprimorar o desenvolvimento do exercício da cidadania por parte dos estudantes universitários, fomentando o emprego de soluções sustentáveis para a inclusão social e a redução de desigualdades regionais, consolidando a formação cidadã e estimulando o envolvimento dos discentes em realidades diferentes, servindo como experiência de aprendizado de vida e fortalecendo o senso de responsabilidade social.  

    Nessa próxima edição do Rondon, a UEMG será representada por dois professores da Unidade de Ituiutaba, profa. Dra. Larissa Romanello (Ciências Biológicas) e prof. Msc. Antônio Rodrigues Neto (Direito). A equipe também contará com 8 estudantes de cursos diversos ainda a serem selecionados para desenvolver o plano de trabalho com ações, atividades e oficinas de Cultura, Direitos Humanos e Justiça, Educação e Saúde. A operação contemplará até 12 (doze) municípios do estado do Amapá e terá como centro regional a cidade de Macapá entre 3 e 20 de fevereiro de 2022. 

    © 2021 UEMG